About Me

Depois da Petrobras, Bolsonaro quer intervir na energia para reduzir reajuste tarifário

Presidente pressiona por conta de luz mais barata com R$ 70 bilhões de fundo e tributos federais

Depois de intervir na Petrobras e trocar comando da estatal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que também intervir na energia visando a redução do reajuste tarifário.

Ele está pressionando as equipes econômica e de energia por medidas para baixar a conta de luz usando os R$ 70 bilhões de um fundo setorial e tributos federais. O movimento é feito atento à reeleição à presidência.

A investida ocorre após a intervenção política na Petrobras, quando indicou o general Joaquim Silva e Luna para comandar a estatal em substituição ao economista liberal Roberto Castello Branco.

Neste ano, o reajuste tarifário estimado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) será de cerca de 13%. No sábado (20), Bolsonaro afirmou que vai “meter o dedo na energia elétrica, que outro problema também”. Com informações da Folha de S.Paulo.

Fonte: Bahia.Ba Foto: Divulgação  Reprodução: Web Rádio Itatim Notícias 

Postar um comentário

0 Comentários


TODOS CONTRA O CORONAVÍRUS